Objetivo Geral

Contribuir para o fortalecimento institucional da política pública nacional de economia solidária com vistas à superação da pobreza extrema no âmbito do Plano Brasil Sem Miséria (PBSM).

Objetivos Específicos

  • Contribuir para a concepção e o desenvolvimento de um Sistema Nacional de Políticas Públicas de Economia Solidária por meio da promoção de processos sistemáticos de intercâmbio, articulação e integração regional e nacional de atores governamentais e da sociedade civil das esferas municipal, estadual e federal;
  • Promover processos participativos de intercâmbio que possibilitem o aperfeiçoamento das estratégias, metodologias e instrumentos de promoção da economia solidária com vistas ao desenvolvimento territorial sustentável com superação da extrema pobreza;
  • Subsidiar processos participativos de elaboração e implantação de políticas públicas de economia solidária e de marcos jurídicos de reconhecimento e fortalecimento institucional da economia solidária;
  • Promover a mobilização, sensibilização para a participação da sociedade civil e de órgãos governamentais na III Conferência nacional de Economia Solidária (III CONAES);
  • Oferecer subsídios para a formulação de planos territoriais, estaduais, e nacional de economia solidária em decorrência da III CONAES.

Metas e etapas

  • Meta 01: Promoção de 10 (dez) eventos regionais e 02 (uma) oficinas nacionais e 12 encontros estaduais, para a integração e articulação de políticas públicas municipais e estaduais de economia solidária com vistas a aprofundar os mecanismos e instrumentos para o Sistema de Políticas Públicas de Economia Solidária.
  • Meta 02: Realização de processos participativos de Sistematização e Fortalecimento de redes de gestores de políticas de economia solidária no Brasil como espaços de articulação e integração nacional que possibilitam o aperfeiçoamento das estratégias, metodologias e instrumentos das políticas públicas de economia solidária.
  • Meta 03: Manutenção de espaços presenciais e virtuais de articulação e integração sistemática das redes de gestores de políticas públicas de economia solidária.

Equipe

Coordenação técnica, 02 profissionais para apoio técnico operacional e 01 assessor pedagógico.